Dia Nacional do Futebol – 19/07

0

Veja aqui o motivo de hoje (19) ser comemorado o Dia Nacional do Futebol.

Dia Nacional do Futebol

Mesmo não sendo feriado nacional neste dia, é uma data muito significativa para os brasileiros que amam este esporte maravilhoso.

Esta data foi instituída no ano de 1976, para prestar homenagem ao time de futebol mais antigo da história do Brasil, que é o Sport Club Rio Grande, que fica na cidade de Rio Grande, no sul do estado do Rio Grande do Sul.

O Sport Club Rio Grande foi fundado no dia 19 de julho do ano de 1900 e mantém-se ativo ininterruptamente até os dias atuais.

O time de Rio Grande joga a terceira divisão do Campeonato Gaúcho.

Imagem: Divulgação/Rio Grande

E os clubes fundados antes do Rio Grande?

É bem verdade que alguns clubes foram fundados antes do ano de 1900, como por exemplo o Vasco da Gama, o Flamengo, entre outros.

A diferença é que todos os outros clubes não começaram suas atividades como um time de futebol.

O Vitória da Bahia, que foi fundado em 1899, originou-se como um clube de Críquete. Já o Vasco da Gama nasceu dos esportes náuticas.

Treta com a Ponte Preta

A Ponte Preta discorda que o time de Rio Grande seja o primeiro time de futebol da história do futebol nacional.

Os paulistas foram fundados 23 dias após o Rio Grande, e alegam que o time gaúcho parou suas atividades, e por isso estariam nas mesmas condições que os antecessores.

Ainda em 2022, o time paulista se auto-declara “primeiro clube de futebol do país fundado como tal e em atividade ininterrupta desde então”.

Presidente da Ponte Preta. — Foto: Diego Almeida/PontePress

O que diz o presidente do Rio Grande:

“O que a Ponte Preta faz é uma insanidade. Até porque nós temos demonstrado e comprovado por documentos que o Rio Grande é o clube de futebol mais antigo do Brasil e que jamais interrompeu suas atividades esportivas. Temos documentos completos, somos reconhecidos pela Fifa e pela CBF. A Ponte Preta deveria cuidar mais da vida dela”, declarou o presidente Cláudio Diaz

A Federação Gaúcha de Futebol afirmou a um veículo de imprensa que o Rio Grande nunca solicitou desligamento ou deixou de renovar sua licença anual. Sendo assim, manteve-se em atividade oficialmente. A CBF explicou que a discórdia se dá pela falta de registros, pois na época não havia um controle mais rígido, o que vale é a palavra do órgão estadual.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.