Flamengo vence a 3ª seguida com vaias no Maracanã

0

Mesmo com vitória, Flamengo recebe vais do torcedor no Maracanã. Hugo Souza volta a falhar e dias de paz no Mengão parece estar distante.

Mengão vence pela Libertadores, dá brechas e recebe vaias do torcedor no Maracanã.

Após a terceira vitória consecutiva, em casa, Mengão vence mas não convence mais uma vez. Ontem diante do Sporting Cristal do Peru, time tem performance razoável mesmo com vitória, e recebe vaias do torcedor. Clima fica cada vez mais tenso para e com pressão para o clássfico Fla-Flu no final de semana pelo Brasileirão.

O adversário da noite de ontem, era nítidamente muito inferior ao rubro-negro, porém, nem assim o time treinado por Paulo conseguiu ter uma boa exibição, e as cobranças e pressão só aumentaram para o clássifo do fim de semana. Hugo falhou novamente, o que irritou mais ainda a torcida rubro-negra. O goleiro da base flamenguista vem falhando corriqueiramente, o que vem irritando o torcedor, pedindo a sua saída do time titular. Vale lembrar que o mengão contratou o ex-goleiro do Athletico PR com passagem pela seleção brasileira, Santos.

Esse jogo com o Sporting Cristal, era uma chance de ouro para ter uma boa exibição e se aproximar do torcedor. O Flamengo jogava sem pressão, já estava classificado para as oitavas de final e seu adversário era amplamente inferior tecnicamente. Era um prato cheio para vencer e convencer o torcedor e a imprensa também. Mas não foi isso que aconteceu.

Hugo Souza é vaiado novamente no Marcanã, após nova falha.

O time treinado por Paulo finalizou 22 vezes ontem à noite, sendo 6 no alvo, porém houve pouca consistência ofensiva. Já o time peruano, o Sporting Cristal, chegou 7 vezes ao gol rubro-negro, levando perigo em pelo menos três delas. E em seu gol, contou com mais uma falha de Hugo Souza. Tem se tornado repetitivo esse cenário para o rubro-negro, o time vem mostrando muita inconsistência no ataque, muitas oscilações durante os 90 minutos de partida, fora os erros da defesa que vem sendo cada vez mais comuns.

Paulo Sousa poupou grande parte de seus jogadores titulares, tendo um meio bem atípico. Nas alas, optou por Marinho e Lázaro abertos. Gabriel ficou um pouco atrás de Pedro, como um segundo atacante/meia armador do time. No final do jogo, o time sofreu com ataques pelos lados do campo do time peruano.

Para comprovar a falta de contundência ofensiva do time rubro-negro, o primeiro gol marcado pela equipe, veio através de um lançamento do zagueiro David Luiz, e que desviou em Maurício Isla no meio do caminho, fazendo a bola morrer no fundo da rede. De fato era uma vitória justa pelo que as duas equipes apresentaram no primeiro tempo, e também devido a diferença técnica gritante. Porém a atuação não enchia os olhos de quem assistia a partida.

David Luiz, autor de assitência para o gol de Isla na Libertadores.

No segundo tempo, o time parecia estar ansioso para que o juiz apitasse o fim de jogo logo. Um tanto quanto incompreensível, para um time que pussui um elenco rico tecnicamente e que pode demonstrar muito mais do que apresentou até o momento.

Andreas Pereira entrou bem e concedeu assistência para mais um gol de Pedro, que vem se recuperando na temporada, ameaçando até mesmo a titularidade de Gabriel Barbosa no comando do ataque.

Próximo jogo do Flamengo

O próximo compromisso é diante do Fluminense de Fernando Diniz, no domingo às 18h. Sem dúvidas enfrentará o Flu, a pressão e principalmente as vaias do torcedor que estará presente no Maracanã.

A cada dia que passa, fica mais difícil da paz reinar sobre o ambiente rubro-negro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.